Retornar

Você já pensou sobre o que é saúde e qualidade de vida? Enviado em 18 de Abr de 2023

A Organização Mundial de Saúde (OMS) define saúde como “um estado de completo bem-estar físico, mental e social e não somente ausência de afecções e enfermidades”. Direito social, inerente à condição de cidadania, que deve ser assegurado sem distinção de raça, de religião, ideologia política ou condição socioeconômica, a saúde é um valor coletivo, um bem de todos. A promoção da saúde é ‘’a soma das ações da população, dos serviços de saúde, das autoridades sanitárias e de outros setores sociais e produtivos, dirigidas ao desenvolvimento das melhores condições de saúde individual e coletiva”.

Vamos entender nosso progresso, a mobilização e dicas de saúde

Historicamente, estudos mostram que as condições de vida e saúde melhoraram de forma contínua e sustentada na maior parte do mundo, graças aos progressos políticos, econômicos, sociais, ambientais e aos avanços na saúde pública e na medicina. Na América Latina, por exemplo, a expectativa de vida nos últimos 20 anos passou de 72 para 77 anos. Entretanto, ainda sofremos com o crescimento das doenças crônicas como o câncer, as enfermidades neurodegenerativas, cardio e cerebrovasculares, pressão alta, diabetes, entre outras. A OMS organiza conferências internacionais há décadas para padronizar diretrizes que busquem aperfeiçoar como a população e política global precisa muda para que possamos sistematicamente alcançar em plenitude um direito humanitário.

Pensando nisso, precisamos estar atentos ao modo como lidamos com nossas doenças e o melhor modo para evitar tragédias a nível pessoal e global. Devemos colocarmos em prática estratégias que previnam e preservem nosso bem-estar físico e mental:

1. Faça acompanhamento anual com seu médico de referência, utilize o pronto socorro somente em casos de urgência e emergência, e ao realizar um exame não deixe de pegar os resultados e dar continuidade ao seu tratamento;

2. Crie uma pasta com todos os seus exames para que seja possível ter seu histórico sempre em mãos;

3. Pratique atividade física regularmente: ao menos 3 vezes na semana ou 150 minutos de atividade por semana. Pode ser um esporte, dança ou academia. Escolha uma atividade física de maior afinidade, assim você conseguirá realizá-la com maior facilidade e frequência!

4. Cuide da sua saúde mental: reserve um tempo na sua rotina para fazer coisas que você mais gosta. O autocuidado mental é tão essencial quanto o cuidado com o seu corpo físico.

5. Estabeleça uma rotina com horários para refeições equilibradas e beba água. A alimentação é um dos pilares mais importantes de manejo próprio para manter as funções corporais em equilíbrio;

6. Durma! Isso mesmo, tente dormir 8 horas por dia, pois quando estamos dormindo o corpo também trabalha de forma a recuperar-se do stress sofrido durante o dia e organizar suas memórias recente. Estabeleça um horário fixo para melhor adaptação.

Agora que você já tem as dicas, vamos colocar em prática?

Entendendo que existe um sistema sociopolítico no qual estamos inseridos como sociedade, nós somos os maiores responsáveis pela nossa saúde e bem-estar. Então, nada mais prudente do que nos vermos como prioridade máxima, pois dependemos da máquina que é o corpo humano para atividades de lazer, trabalhar e aproveitar a vida como podemos. Tire algum dia para ir de bicicleta ou a pé ao trabalho, vá ao clube no fim de semana, visite familiares, chame amigos para sua casa, adote um animalzinho de estimação, pense positivo. Coloque objetivos alcançáveis para que você sempre almeje e celebre alguma conquista, cuide de plantas, desenhe, leia, estude, pratique esportes, as opções são muito variadas. Jamais esqueça de cuidar do seu corpo. Afinal, é VOCÊ que mora dentro dele desde o nascimento até a velhice. Levante olhe o mundo ao seu redor, vá correr, caminhar, pedalar, esteja sempre em movimento!

 

André Luiz Fahd Pimentel de Oliveira: Fisioterapeuta Conselho de classe e número da inscrição: CREFITO 4/290112-F

Fontes:

MARQUES, A. J. S. et al., 2016. Encontro Internacional: Direito a saúde, Cobertura Universal e Integralidade Possível. Disponível em: https://www.almg.gov.br/export/sites/default/acompanhe/eventos/hotsites/2016/encontro_internacional_saude/documentos/textos_referencia/00_palavra_dos_organizadores.pdf/. Acesso em: 27 de Fev. de 2023. ROCHA, et al. Promoção da saúde e qualidade de vida: uma perspectiva histórica ao longo dos últimos 40 anos (1980-2020). Scielo Saúde Pública, 2020. Disponível em: < https://www.scielosp.org/article/csc/2020.v25n12/4723-4735/pt/>. Acesso em: 27 de Fev. de 2023. SALAZAR, Ligia de. Evaluación de Efectividad en Promoción de la Salud, Guía de Evaluación Rápida. CEDETES, Universidad del Valle, Cali, Colômbia, [s.d.]. Disponível em: https://www.ufpe.br/documents/39050/632249/Efetividade-conceito.pdf/f0e8995f-8709-406d-8089-173b9a5c043d/>. Acesso em: 27 de Fev. de 2023.

Icone Telefone

Ver Telefone

Telefone Fixo

Icone Atendente Feminina

Ouvidoria

Envie um email para Brasil Saúde

Icone Trabalhe Conosco

Trabalhe conosco

curriculo@planobrasilsaude.com.br

Icone Conferência de Imprensa

Imprensa- Encaso Comunicação Coorporativa

ana@encasocomunicacao.com.br

(11) 2950-2849